Aprendendo a partir do compartilhamento de experiências

comunicação no setor público - redes-egov

Imersão a partir do compartilhamento de experiências pode parecer, à primeira vista, um termo cunhado apenas para tentar rotular com ares mais cool a participação em eventos profissionais. De verdade, em parte é mesmo. Não me recordo de ter lido em outro lugar, entretanto foi a maneira que encontrei para definir a experiência de estar no 6º Redes-eGov, na última semana, em Florianópolis.

Como evento focado em comunicação digital no setor público, o Redes-eGov é a síntese de se aliar a especificidade de públicos e experiências diversificadas em níveis e esferas. Não se trata apenas de mostrar tecnologias e promover tutoriais de uso. É resgatar na rotina, sucessos e crises de cada órgão alternativas de trabalhos para instituições com realidades diferentes e ainda assim aliadas em um objetivo semelhante: de fazer comunicação no setor público.

@jemacedo lacrando no #redesegov 💙

Uma publicação compartilhada por WeGov (@wegov_) em

Ao palestrar representando a equipe de mídias sociais do Senado, obtive a impressão amplificada das diferentes realidades e como os benefícios são múltiplos quando há o compartilhamento de conhecimento e estratégias. Na dúvida de alguns colegas do evento, compreendi que o corriqueiro para uns pode ser novidade para outros. Levar isso a público só traz benefícios, especialmente a quem se quer comunicar: o cidadão.

Traçamos aqui o principal ponto deste artigo, imersão a partir do compartilhamento de experiências. Há quem não valorize oportunidades como esta, de tirar do profissional de dentro do ambiente padronizado de trabalho e leva-lo a espaços de aprendizado. Não apenas por tudo a ser apreendido, mas pela quebra na rotina e renovação de ânimos. Estar em contato com outras experiências é um fator importante para inovação nos processos de trabalho. O profissional enxerga melhor o horizonte e também o seu contexto interno.

O Senado Federal, que já é referência neste trabalho de mídias sociais, não está imune à oportunidade de aprender mais. Uma prefeitura no interior do interior do estado do Pará tem muito a ensinar, bem como o Senado tem para aprender. É uma troca. Tudo é conhecimento. Comunicação digital, de modo geral é algo novo. Avalie quando falamos em instituições públicas! Não há uma fórmula mágica e estar ao lado de gente que vive isso todo dia é um presente.

Momento de debate no 6º Redes-eGov 👊👊👊 #WeGov #redesegov

Uma publicação compartilhada por WeGov (@wegov_) em

Só nos resta mesmo agradecer a todos os participantes por se envolverem em eventos como este. Partilhar, ouvir e perguntar: o engajamento de cada um faz desta experiência mais rica. No mais, me coloco à disposição para conversar e dar continuidade a este ciclo de aprendizado. A apresentação se encontra no slideshare. 😉

Sobre o 6º Redes-eGov em si

Não posso deixar de mencionar a sensibilidade da abertura do evento ser com o dueto A Corda em Si. Não conhecia e foi uma experiência indescritível. A construção de toda a programação foi também muito relevante para o sucesso do Redes-eGov desta edição. Todas as dinâmicas, como a do Debate Thinking, ou a de cada um revelar sua crise e todos poderem conhecer e reconhecer nos outros nossas próprias falhas foram o auge de todo nosso aprendizado.

A quem puder participe da pesquisa Perfil do Social Media no Setor Público.

Jéssica Macedo

Jornalista, especialista em brigadeiro de panela e mídias sociais. WordPress Fan.

Deixe uma resposta

© 2017 Jornalista Digital | ScrollMe by AccessPress Themes